sábado, 24 de janeiro de 2015

24 Horas de Daytona. [Hora 1]

Dixon lidera a primeira hora da prova.
Na largada Dixon ultrapassou Negri e já assumiu a liderança, na classe PC Kimber-Smith sofreu um toque de Stephen Simpson, na terceira volta a GTLM tem novo líder, Bruni ultrapassou o Corvette de Gavin, ainda na GTLM Magnussen ultrapassou Lamy para ganhar a terceira posição.

Na frente Dixon já abria vantagem, enquanto os outros carros da P estavam embolados com os GTD. Enquanto isso Shane Lewis do DP 66 parou na grama, e ao voltar pra pista ficou parado na chicane e levou um toque na traseira da Ferrari de Pierre Kaffer, outra grande briga na GTLM entre os dois Corvette e o Porsche de Nick Tandy, que conseguiu ultrapassar Magnussen e ganhar a terceira posição.

Ainda na GTLM Bruni perdeu algumas posições, enquanto isso Tandy pressionava Gavin na briga pela primeira posição.
Na classe P as paradas nos boxes começaram faltando 19 minutos para o fim da primeira hora, Negri entrou primeiro, na volta seguinte foi a vez de Westbrook, Barbosa, e na outra volta foi a vez do líder Dixon parar, acompanhado por Pla e Pace.

Depois de tudo reorganizado a classe P seguia com Dixon líder, Pruett em segundo e Pla em terceiro.

Na GTLM outra briga entre Corvette e Tandy, que ao tentar assumir a liderança não conseguiu espaço para ultrapassar Gavin e acabou sendo ultrapassado por Magnussen e caindo para quarto.

No fim da primeira hora da corrida a primeira bandeira amarela causada pelo Audi da Flying Lizard dirigida pelo estreante Japonês Satoshi Hoshino. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário